Alapaha Blue Blood Bulldog conheça a raça quase extinta

460

Cão de médio porte. Possui pelo curto e pode ser encontrado nas cores marrom, vermelho, azul, cinza, branco e preto. É robusto e possui aparência característica dos bulldoges em geral, com corpo troncudo, musculoso e atlético.

O Alapaha Blue Blood Bulldog pode ser conhecido como Buldogue Alapaha de Sangue Azul no Brasil. Essa raça é considerada rara e atualmente está quase extinta, devem haver aproximadamente 100 exemplares no mundo.

A raça teve origem em 1800 quando foi desenvolvida no sul da Geórgia, perto do rio de Alapaha, daí também vem o nome. A intenção do responsável pelos cruzamentos, Papa Bucklane, era ter um cachorro capaz de fazer o trabalho de cuidar das plantações e do gado da região.

Outra explicação para seu nome é a descendência: o buldogue original, também americano.

Mesmo sendo reconhecido pela Fundação Americana de Pesquisas em 1986, nunca foi uma raça que teve larga produção. Do ano do reconhecimento de pedigree até 2001 estavam registrados apenas 700 exemplares. Isso explica a pouca quantidade de Buldogues Alapha de Sangue Azul vivos atualmente.
Características

Protetor, carinhoso, inteligente e alerta, o Alapaha Bulldog é um ótimo cão de companhia. É forte, ágil e responsável e pode ser tanto um guardião protetor da casa e da família quanto amoroso com os donos, basta ser socializado desde filhote. O Alapha ficou conhecido por ser um “buldogue grande”, com traços mais fortes e musculatura mais avantajada.  
Cabeça larga;

Focinho quadrado;

Músculos definidos;

Ossos fortes e marcados;

Pelo bastante curto e rente ao corpo, mostrando todos os traços;

Olhos separados e contornados por uma cor forte;

Orelha caída;

A mandíbula é muito forte e poderosa;

Cor dos olhos pode variar de castanho a azul;

Aparência semelhante a do buldogue original.

Cuidados básicos

Por ser um cão atlético, que nasceu para o trabalho a maior preocupação deve ser com o seu gasto de energia. Se estiver vivendo em lugares fechados, como apartamentos, o ideal é que sejam feitos pelo menos dois passeios diários de no mínimo 40 minutos cada. Agora, se ele vive solto em um jardim, pode ter certeza de que o próprio vai se ocupar com exercícios, basta deixar disponíveis brinquedos que o estimulem.

Tão importante quanto o gasto de energia para esses cães é o adestramento. Para que não haja problemas comportamentais e o animal obedeça o dono ele precisa ser treinado desde cedo. A socialização precoce também é importantíssima para uma boa convivência. Caso contrário esse cão pode se tornar uma grande dor de cabeça para os donos e oferecer riscos a outras pessoas.

Quando o assunto está relacionado a banhos, eles não precisam ter uma frequência muito grande. Uma vez por mês já está suficiente se  durante esse período ocorrerem também escovações no pelo.

Alimentação

A quantidade de ração varia de acordo com o peso e o tamanho do animal, e pode ser encontrada nas embalagens.

Deve-se alimentar o cão três vezes por dia e manter água à vontade, sempre fresca, na vasilha.

Cães de médio porte consomem rações large breed.

Até os doze meses, o Alapaha Blue Blood Bulldog é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 100 a 240 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.

A partir de um ano o cão é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 210 a 320 gramas/dia.

A qualidade da ração e fundamental para a saúde do animal. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.

Espaço para criação

O ideal é que seja criado ao ar livre, mas adapta-se bem a locais pequenos, como apartamento, se bem exercitado. É importante passear com o cão diariamente, pois é muito ativo e tem bastante energia para gastar.

Saúde

Essa raça que pode ser conhecida também como Antigo Cão das Plantações  não costuma sofrer com muitas doenças. As mais comuns estão no órgão ocular: são bastante suscetíveis a entropia, uma inversão das pálpebras, além da inflamação no canal ocular.

Vale reforçar que pelo fato de ter existido poucos exemplares da raça fica difícil cravar as doenças que podem atingir a maioria deles. Dessa forma, se você tem ou pretende ter um Alapha, consultas regulares com o veterinário são indicadas, mesmo que nenhum problema seja percebido.

Curiosidades

​Por que ter um Alapha Blue Blood Bulldog em casa? 

Esse cachorro é ideal para aquelas pessoas que gostam de animais raros, que dificilmente encontrará outro exemplar passeando no parque, por exemplo. Além de ser muito bonito e imponente, esse animal é muito companheiro e fiel, ou seja, estará sempre ao lado da família.

Também é uma ótima opção para as pessoas que estão procurando por um cão de guarda.

Por que não ter um Buldogue Alapha de Sangue Azul em casa? 

Devido a sua quase extinção vai ser muito difícil encontrar um exemplar da raça para comprar, fatores como preço e distância de onde o animal está pode ser muito grande.

É um cachorro muito ativo que precisa de espaço e tempo para se exercitar, se você mora em apartamento ou em uma casa pequena e não tem muito tempo durante a semana devido a rotina corrida, esse definitivamente não é um animal de estimação indicado para você.

A grande necessidade de adestramento e socialização quando é filhote exige muita paciência e tempo do tutor durante essa fase.

Comentários
Carregando...