Trazendo informação do mundo pet

Saiba tudo sobre a raça Appenzeller

22

Appenzeller

  • Nome no Brasil:Boiadeiro de Appenzell
  • Nome original:Appenzeller Sennenhunde
  • País de origem:Suíça

Cão de médio porte, forte e musculoso. Possui pelagem dupla, com subpelo denso e escuro, nas cores marrom, preto ou cinza. A camada externa é formada por pelo denso, reto, brilhante e rente ao corpo. A cor predominante é o preto ou o marrom-havana, com manchas em marrom avermelhado e brancas.

Sabe-se muito pouco sobre a história da raça de cachorro Appenzeller , pois elas se desenvolveu antes de escritos sobre as raças de cães serem feitos, além da raça ter sido mantida em montanhas remotas. O que é claro é que o Appenzeller foi desenvolvido na região Alpina de Appenzell, localizada no noroeste da Suíça. Essa raça é uma das quatro raças de Sennenhund, também conhecidos como Cães das Montanhas Suíças, e os outros três Sennenhunds sçao o Greater Swiss Mountain, Bernese Mountain Dog e o Entlebucher Mountain Dog.

Existe uma disputa substancial sobre as origens dos Sennenhunds. Essas raças são claramente bem antigas, e escritos sobre elas podem ser encontrados desde que escritos começaram a ser guardados na região que hoje conhecemos como a Suíça.

Algumas teorias tentam explicar sua ancestralidade. Uma teoria diz que eles são descendentes de cães Alpinos muito antigos. Pesquisadores que estudam raças modernas concluíram que os antigos fazendeiros suíços provavelmente mantinham grandes cães de guarda. Esses cachorros foram mantidos pelas tribos célticas encontradas na Suíça antes da ocupação romana. É sugerido que os Sennenhunds são descendentes diretos desses cachorros antigos.

Pelo curso de alguns séculos, começando no século II A.C., o território hoje conhecido como a Suíça estava sob o controle romano, um processo que implicou na subjulgação de mais de quarenta tribos. Os romanos são considerados um dos melhores criadores de raças de cachorro da história, e a maior parte dos experts no assunto acreditam que os Sennenhunds são descendentes diretos do Molossus e do Roman Cattle Droving Dog, duas raças criadas pelos romanos.

Por várias razões o poder de Roma eventualmente começou a cair, e o poder de tribos nomâdes do norte começou a crescer. Uma dessas tribos eram os Hunos. Os Hunos atacaram as tribos germânicas que viviam junto ao Império Romano, forçando-os a invadir Roma ou ser exterminados. Muitos das tribos germânicas se estabeleceram no que agora conheçemos por Suíça, e seus fazendeiros criaram afinal o que hoje conhecemos como os Sennenhunds.

Por muitos séculos, e possivelmente milênios, os cães da raça Appenzeller serviram os fazendeiros da Suíça com muita lealdade. Mesmo assim, no final do século XIX os Sennenhunds começaram a ser substituídos. Novos meios de transporte, como os trens e os automóveis começaram a tornar os Sennenhunds obsoletos. Como esses cachorros eram caros de serem mantidos, muitos donos pararam de tê-los. O Appenzeller começou a declinar, mas nunca chegou ao estado péssimo ao qual as três outras raças de Sennenhunds chegaram. A raça foi definitivamente beneficiada pelo fato de que a sua casa, Appenzell se encontra longe da maior parte das cidades Suíças. A raça também teve um protetor dedicado chamado Max Siber, que promoveu a raça e se preocupou com a sua crescente raridade. Em 1895 ele formalmente pediu ajuda ao Swiss Kennel Club para salvar a raça.

No meio do século XX todas as quatro raças de Sennenhunds foram introduzidas a outras nações, mas o Appenzeller nunca alcançou a mesma popularidade que as outras raças fora da Suíça. Mais recentemente os números da raça Appenzeller começaram a crescer fora da Suíça, mas bem vagarosamente, e a raça ainda é considerada rara.

Características

É inteligente, corajoso e ágil. Uma raça recomendada para donos experientes, que tenham liderança. Aprende fácil, mas é indicado treinamento ao menos para comandos básicos. Se socializado desde filhote, convive bem com crianças, outros cães e animais de estimação. É leal à família e geralmente dedicado a um único dono.

O Appenzeller é um cachorro com muita energia, que deve viver em espaços abertos para poder se exercitar bastante e não correr o risco de se tornar obeso e desenvolver problemas de saúde que podem ser graves.

Cuidados básicos

A raça Appenzelller precisa de bastante atividade física e mentar, poir caso contrário ela irá ficar extremamente entediada.
Os banhos não precisam ser muito frequentes, uma vez ao mês deve ser o suficiente. O pelo requer uma escovação quinzenal com escova de borracha para a remoção dos pelos mortos, e também é sempre importante lembrar de aparar as unhas quando elas estiverem muito grandes.

Alimentação

A quantidade de ração varia de acordo com o peso e o tamanho do animal e pode ser encontrada nas embalagens.
Deve-se alimentar o cão de duas a três vezes por dia e manter água à vontade.
A qualidade da ração é fundamental para a saúde do animal. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.
Até os doze meses, o Appenzeller é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 95 a 230 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.
A partir de um ano o cão é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 195 a 270 gramas/dia.

Espaço para criação

Esta raça não é indicada para apartamentos ou vida dentro de casa, é um cão mais rural, que precisa de espaço para correr. Prefere viver ao ar livre, em áreas rurais.

Saúde

Os Appenzellers são conhecidos por serem cães saudáveis quando possuem o espaço correto para se exercitarem como precisam, mas alguns deles podem ser afligidos por displasia do quadril, epilepsia ou alguma outra doença canina relacionada.

É necessário levá-lo ao veterinário regularmente, e como qualquer outro cachorro ele precisa tomar todas as vacinas.

Curiosidades

​ Por que ter um Appenzeller? 

Um bom cão de guarda que será muito leal a sua família, o Appenzeller costuma a se dar bem com crianças e também com outros animais, que poderão brincar com ele e acompanhá-lo em suas aventuras diárias. Indicado para casas de campo e fazendas, precisa de um dono que esteja pronto para adestrá-lo e acompanhar sua rotina diária de exercícios para manter a saúde em dia.

Por que não ter um Appenzeller? 

Cães dessa raça precisam de muito espaço para crescer, brincar e gastar energia, pois do contrário podem desenvolver sérios problemas de comportamento e saúde, e não se adapta bem a vida em apartamentos. O Appenzeller precisa de um dono que esteja sempre perto dele, e que o acompanhe com toda a energia que ele carrega dentro de si, então não é recomendado para pessoas que passam muito tempo fora de casa também.

Comentários
Carregando...